Endereço: CRS 505, Bloco A Entrada 11 Sala 105 - CEP: 70.350-510 - Asa Sul - Brasília/DF | Fone: (61) 3256-0803 | 3256-0802 | 9 9964-8439

Basta de desemprego: 10 de agosto é dia de mobilização em todo o Brasil

No dia em que a reforma trabalhista completou um ano de sua aprovação no Senado, nessa quarta-feira (11), a CUT e demais centrais sindicais (Força Sindical, CTB, UGT, Intersindical, NCST e CSP-Conlutas), reunidas em São Paulo, definiram a luta a ser travada nas ruas no próximo dia 10 de agosto. É o Dia do Basta, com paralisações, atrasos de turnos e atos nos locais de trabalho e nas praças públicas de grande circulação de todo o País. Uma grande manifestação na Avenida Paulista, em frente à Fiesp, está prevista para ocorrer a partir das 10h, com a participação de várias categorias de trabalhadores e trabalhadoras e de movimentos sociais.

“Basta de desemprego, basta de retirada de direitos, basta de privatizações, basta de aumentos abusivos nos preços dos combustíveis, basta de sofrimento para o povo brasileiro”, sintetiza o secretário-geral da CUT, Sérgio Nobre.

“Será um dia de luta pelo país. A desesperança tomou conta do povo brasileiro, por isso é urgente essa luta. O Brasil tem de repensar o seu caminho, porque esse caminho que está sendo trilhado é o da tragédia, da exclusão social, do desemprego”, completa o dirigente.

Ele cita que o Brasil pós-golpe 2016 já contabiliza 28 milhões de desempregados e os postos de trabalho gerados são precários graças à reforma trabalhista.

“Dá para perceber que, em todos os estados brasileiros, as pessoas estão perdendo o emprego. Cada família tem dois ou três desempregados e, com o desmonte das políticas públicas e o congelamento dos investimentos públicos, o que se vê é cada vez mais pessoas e até famílias inteiras dormindo na rua”, afirma Sérgio.

O Dia Nacional de Luta havia sido definido no lançamento da Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora, em junho deste ano, quando as centrais sindicais apresentaram um documento com 22 propostas para promover o desenvolvimento do Brasil a partir da geração de emprego e renda, que são as pautas principais do Dia do Basta.

Patrimônio e investimento público

Segundo o secretário-geral da CUT, além do basta ao desemprego, no dia 10 de agosto, os trabalhadores e trabalhadoras vão cobrar também o fim das privatizações e a revogação da Emenda Constitucional 95, que congela os investimentos públicos por 20 anos.

Segundo Sérgio Nobre, a privatização de estatais e serviços públicos significa também precarização das condições de trabalho e mais desemprego. Ele afirma ainda que, no Brasil, existem obras de infraestrutura que estão paradas por conta do congelamento de gastos, que, se fossem retomadas, poderiam gerar milhões de empregos.

Ele cita como exemplo a venda da Embraer – em processo de entrega à norte-americana Boenig -, a entrega da Eletrobras às empresas chinesas, e a privatização da Petrobras e do Pré-Sal, que já teve campos leiloados para estrangeiras – como a Shell.

“Temos 28 milhões de desempregados porque não interessa aos que deram um golpe de Estado que o povo trabalhe e gere renda no Brasil. O propósito disso é jogar o salário para baixo, precarizar as condições de trabalho e entregar o patrimônio público brasileiro”, critica.

Eleições

O Dia do Basta, segundo Sérgio Nobre, também mandará um recado a quem pleiteia qualquer cargo nas eleições deste ano. “Mostraremos que o povo brasileiro não está satisfeito e que não aceita políticas que não sejam voltadas ao amparo dos trabalhadores e trabalhadoras”, diz.

Ele explica que as propostas da Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora serão apresentadas aos candidatos à presidência da República nas eleições de outubro.

Tanto para a CUT como para as demais centrais, o que o país precisa é de um caminho novo para recuperar a democracia, o desenvolvimento, a geração de emprego com qualidade e a distribuição de renda e somente a mobilização de todos vai abrir esse caminho.

Para as entidades, não é mais possível conviver com os estragos que a política neoliberal implantada pelo governo golpista e ilegítimo de Michel Temer (MDB-SP) impôs à classe trabalhadora, como a reforma trabalhista, “vendida” à população como uma promessa de criação de mais empregos.

Por Tomaz Campos do Sinpro-DF em 12/jul/2018
Foto: CUT

Inscrições para Fies estão abertas a partir de hoje

Estão abertas a partir de hoje (16) as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2018. Serão ofertadas pelo menos 155 mil vagas, sendo 50 mil a juro zero. As inscrições são feitas pela internet, no site do programa, até o dia 22 de julho.

Pode concorrer quem fez uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota maior que zero na redação.

O novo Fies tem modalidades de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários-mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é R$ 42 mil.

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários-mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito que pode ser um banco privado ou Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

O resultado da seleção do Fies será divulgado no dia 27 de julho, em chamada única. Os candidatos que forem pré-selecionados deverão complementar as informações da inscrição no período de 27 a 31 de julho e, depois, fechar a contratação do financiamento.

No caso dos estudantes inscritos no P-Fies, não haverá lista de espera. Os demais poderão manifestar interesse entre os dias 1º e 24 de agosto.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas com avaliação positiva pelo Ministério da Educação.

Edição: Valéria Aguiar

Publicado em 16/07/2018 – 10:26 Por Yara Aquino – Repórter da Agência Brasileira Brasília

DPDF elabora cartilha sobre alteração de nome e gênero de pessoas trans em cartório

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), por meio do Núcleo de Promoção de Defesa dos Direitos Humanos, elaborou cartilha com questionário básico acerca da alteração de nome e gênero de pessoas trans realizada diretamente em cartório. As informações decorrem da última regulamentação da Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que tratou, no último dia 29 de junho, da alteração de prenome e gênero nos registros de nascimento e casamento das pessoas trans. O Provimento n° 73 prevê a realização das retificações sem a obrigatoriedade da comprovação da cirurgia de mudança de sexo ou decisão judicial, conforme entendimento consolidado por meio da ADI n° 4.275/DF.

De acordo com a cartilha, pessoas maiores de 18 anos podem solicitar a alteração. Já as pessoas menores de idade dependem de concordância dos pais. Em caso de discordância, a Defensoria Pública do DF, por meio de seus Núcleos de Atendimento, pode ajuizar ação pedindo o suprimento do consentimento dos pais. Além disso, a parte interessada pode requerer a alteração do prenome e do gênero nos registros de nascimento e casamento.

Diante disso, o requerimento da alteração do prenome, do gênero ou de ambos poderá ser realizado diretamente no cartório do registro do nascimento ou em qualquer outro. Em regra, este requerimento é pago. Porém, a parte interessada assistida da DPDF pode solicitar a isenção. Para maiores informações e para obter o requerimento de isenção, é preciso procurar o Creas da Diversidade, pelo telefone: (61) 3224-4898.

Confira aqui a cartilha na íntegra e todos os documentos necessários para solicitar o requerimento em cartório.

Mariana Landim da Assessoria de Comunicação da Defensoria Pública
Foto: DPDF

Ministério do Turismo está com inscrições abertas para cursos online gratuitos

Juntos, os cursos online das plataformas Brasil Braços Abertos (BBA) e Canal Gestor de Turismo (CGT) já registram 23.091 alunos inscritos. O treinamento à distância é de abrangência nacional e completamente gratuito, com cursos que contemplam diversos perfis: dos que desejam ingressar no mercado turístico a gestores públicos e privados do setor. A plataforma Brasil Braços Abertos é destinada a iniciantes, que podem se inscrever para um curso de extensão de 80 horas-aula, focado no atendimento ao turista. São quatro módulos com conteúdo direcionado para a recepção do visitante, incluindo noções básicas da língua inglesa.

Pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, de todo o Brasil, podem se inscrever até o dia 19 de novembro. A carga horária é de 50 horas-aula e o conteúdo, composto por videoaulas e jogos educativos, pode ser acessado por celular, tablet, computador ou qualquer outro equipamento com internet. O curso do Canal pode ser finalizado até o dia 31 de dezembro de 2018.

Até agora, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia, nesta ordem, têm o maior número de interessados na capacitação e aprimoramento para o mercado de trabalho. O prazo para conclusão dos estudos termina em 15 de janeiro de 2019, 153 estudantes já concluíram o programa de estudos em 60 dias e podem emitir o seu certificado válido como Curso de Extensão profissionalizante.

O acesso ao canal Brasil Braços Abertos pode ser feito em qualquer equipamento com internet, como smartphone, tablet ou computador. Esta é a segunda edição do BBA, cujas inscrições vão até 31 de outubro de 2018.

CGT – Já o curso do Canal Gestor de Turismo é direcionado a agentes públicos e privados, atuantes ou em formação, com perfis de trabalho voltado para planejamento, administração e execução de políticas, programas, projetos e ações do setor. Ao concluir os módulos do CGT, o aluno também recebe certificado.

Por Vanessa Sampaio

Fonte e foto: Ministério do Turismo

Mostra “Monstros no Cinema” no CCBB até 7 de agosto com entrada franca

A Mostra “Monstros no Cinema” invadiu o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília, nessa quinta-feira (12).  A programação é gratuita e inédita. No total, 39 filmes serão exibidos. Além de debate, masterclass e oficinas. Entre os personagens icônicos, estão: Drácula, Frankenstein, Múmia e Lobisomem, Alien, Freddy Krueger e King Kong. A mostra, que também irá acontecer no Rio de Janeiro e São Paulo, permanece no CCBB em Brasília até 7 de agosto.

FILMES:

OS MONSTROS CLÁSSICOS

O Golem, como veio ao mundo (Der Golem, wie er in die Welt kam)

(1920, Alemanha, P&B, 68min, 14 anos)

Diretores: Paul Wegener e Carl Boese

Sinopse: Em meados do século 19, uma comunidade judaica, da cidade de Praga, é ameaçada por um decreto do imperador. Na tentativa de salvar seu povo da desgraça, o Rabino Loew dá vida a um Golem.

Drácula (Dracula)

(1931, EUA, P&B, 74 min, 12 anos)

Diretor: Tod Browning

Sinopse: Drácula é um conde vindo dos Cárpatos que aterroriza Londres por carregar uma maldição que o obriga a beber sangue humano para sobreviver. Após transformar uma jovem em vampira ele concentra suas atenções em uma amiga dela.

Frankenstein (Frankenstein)

(1931, EUA, P&B, 70 min, 12 anos)

Diretor: James Whale

Sinopse: Henry Frankenstein, um cientista louco, vagueia à noite pelo cemitério na companhia de Fritz, um anão corcunda que é seu assistente. Frankenstein procura mortos e costura partes de diversos cadáveres.

O médico e o monstro (Dr. Jekyll and Mr. Hyde)

(1931, EUA, P&B, 98min, 16 anos)

Diretor: Rouben Mamoulian

Sinopse: Primeira versão sonora da história clássica de Robert Louis Stevenson, obra-prima de Mamoulian. Um médico testa uma fórmula que pode desencadear o mal interior das pessoas.

A múmia (The Mummy)

(1932, EUA, P&B, 73min, 12 anos)

Diretor: Karl Freund

Sinopse: Em 1921, uma expedição no Egito descobre a múmia do antigo príncipe Im-Ho-Tep, condenado e enterrado vivo por sacrilégio. Também no túmulo está o Pergaminho de Thoth, que pode trazer os mortos de volta.

O homem invisível (The Invisible Man)

(1933, EUA, P&B, 72min, 12 anos)

Diretor: James Whale

Um cientista que se dedicou à pesquisa em ótica, inventa uma maneira de mudar o índice de refração do corpo, de modo que não absorva nem reflita a luz, se tornando invisível.

A Noiva de Frankenstein (The Bride of Frankenstein)

(1935, EUA, P&B, 75 min, Livre)

Diretor: James Whale

Sinopse: Dr. Frankenstein e seu monstro retornam, pois não estavam mortos como inicialmente se acreditava. O pesquisador planeja parar suas demoníacas experiências, mas…

O lobisomem (The Wolf Man)

(1941, EUA, P&B, 70min, 12 anos)

Diretor: George Waggner

Sinopse: Depois da morte do irmão, Larry Talbot retorna para sua casa no País de Gales, para se reconciliar com o pai. Larry fica romanticamente interessado em Gwen Conliffe, que administra uma loja de antiguidades.

O fantasma da ópera (The Phantom of the Opera)

(1943, EUA, Cor, 93min, 14 anos)

Diretor: Arthur Lubin

Sinopse: O violinista Claudin ama a incansável soprano operística Christine Dubois e secretamente auxilia sua carreira. Todavia Claudin mata uma editora de música num ataque de loucura e tem seu rosto deformado com ácido.

O monstro da lagoa negra (Creature from the Black Lagoon)

(1954, EUA, P&B, 79min, Livre)

Diretor: Jack Arnold

Sinopse: Combinando o estilo monstro clássico com a ficção científica dos anos 1950, a história gira em torno de uma criatura meio humana, meio peixe, escondida nas profundezas da Amazônia.

REINVENTANDO OS MONSTROS CLÁSSICOS

Drácula – O vampiro da Noite (Horror of Dracula)

(1958, Reino Unido, Cor, 82 min, 16 anos)

Diretor: Terence Fisher

Sinopse: No século XIX na Alemanha, Jonathan Harker vai até o castelo do Conde Drácula, mesmo sendo advertido por sua esposa Lucy a não ir. Ao chegar lá ele é atacado por uma vampira.

Drácula de Bram Stocker (Bram Stoker’s Dracula)

(1992, EUA/Reino Unido/Romênia, Cor, 127min, 14 anos)

Diretor: Francis Ford Coppola

Sinopse: Baseado no romance homônimo. Em 1462, Vlad Dracula, um membro da Ordem do Dragão , retorna de uma vitória contra os turcos para encontrar sua esposa, Elisabeta, morta.

Um lobisomem americano em Londres (An American Werewolf in London)

(1983, EUA/Reino Unido, Cor, 97min, 18 anos)

Diretor: John Landis

Sinopse: Dois estudantes universitários americanos numa excursão a pé pela Grã-Bretanha são atacados por um lobisomem que nenhum dos habitantes locais admite existir.

A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (Sleepy Hollow)

(1999, EUA, Cor, 105 min, 18 anos)

Diretor: Tim Burton

Sinopse: Em 1799, uma série de crimes envolvendo inocentes acontece no pequeno vilarejo de Sleepy Hollow. Para investigar o caso é chamado o detetive nova-iorquino Ichabod Crane.

OS MALDITOS

Monstros (Freaks)

(1932, EUA, P&B, 63min, 16 anos)

Diretor: Tod Browning

Sinopse: Baseado em elementos do conto ” Spurs “, de Tod Robbins, Freaks é um filme de terror pré-Código de 1932 da American MGM produzido e dirigido por Tod Browning.

A pequena Loja dos Horrores (Little Shop of Horrors)

(1960, EUA, P&B, 72 min, 14 anos)

Diretor: Roger Corman

Sinopse: O submisso ajudante de floricultura Seymour é apaixonado pela colega de trabalho Audrey. Durante um eclipse, ele descobre uma planta incomum.

O vingador tóxico (The Toxic Avenger)

(1984, EUA, Cor, 82min, 18 anos)

Diretores: Lloyd Kaufman e Michael Herz

Sinopse: Esta é a história de Melvin, o faxineiro de Tromaville, que inadvertidamente confia nos membros hedonistas, desdenhosos e vaidosos do Clube da Saúde, a ponto de cair num tanque de lixo tóxico.

A mosca (The Fly)

(1986, EUA/Reino Unido/Canadá, 96min, 14 anos)

Diretor: David Cronenberg

Sinopse: A Mosca é um filme de terror e ficção científica, dirigido e co-escrito por David Cronenberg. Vagamente baseado num conto homônimo de 1957 do autor George Langelaan.

A hora do pesadelo (A Nightmare on Elm Street)

(1986, EUA, Cor, 92min, 18 anos) Diretor: Wes Craven

Sinopse: A Hora do Pesadelo é um filme de terror e fantasia e primeiro de uma profícua série. Situado na cidade fictícia de Springwood, Ohio, mais especificamente na rua Elm.

OS GIGANTES

King Kong (King Kong)

(1933, EUA, P&B, 94min, Livre)

Diretores: Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack

Sinopse: Uma expedição a uma ilha desconhecida e inexplorada, revela surpresas.

Godzilla (Godzilla)

(1954, Japão, P&B, 96min, 12 anos)

Diretor: Ishiro Honda

Sinopse: Japão em pânico depois que vários navios explodem e são afundados. No início, as autoridades pensam ser alguma atividade vulcânica submarina.

Tubarão (Jaws)

(1975, EUA, Cor, 124min, 14 anos)

Diretor: Steven Spielberg

Sinopse: O novo chefe de polícia de Amity, uma cidade resort em Massachusetts, é chamado até a praia, onde o corpo mutilado de uma jovem é encontrado.

O hospedeiro (Gwoemul – The Host)

(2006, Corea do Sul, Cor, 110min, 14 anos)

Diretor: Bong Joon-ho

Sinopse: Resultado de malfadadas experiências nas águas do Rio Han, uma criatura gigante emerge do rio e parte para cima das pessoas. Mas a criatura não é apenas um perigo direto.

Cloverfield – monstro (Cloverfield)

(2008, EUA, Cor, 90min, 14 anos)

Diretor: Matt Reeves

Sinopse: Acompanhe cinco nova-iorquinos a partir da perspectiva de uma câmera de vídeo portátil. O filme ainda mostra pedaços de vídeo previamente gravados.

OS ALIENÍGENAS

Alien – O 8º passageiro (Alien)

(1979, EUA, Cor, 115min, 14 anos)

Diretor: Ridley Scott

Sinopse: A nave Nostromo cruza o espaço até um planeta desconhecido, onde algo misterioso está ocorrendo. Após investigar fatos estranhos sua tripulação retorna à bordo, contudo há alguém a mais com eles.

O enigma de outro mundo (The Thing)

(1983, EUA, Cor, 109min, 16 anos)

Diretor: John Carpenter

Sinopse: Algo estranho está ocorrendo na Antártida, nosso continente gelado. Terrível demais para ser descrito em palavras, um monstro mata indistintamente quaisquer seres vivos que dele se aproximem.

MONSTROS & CRIANÇAS

A festa do monstro maluco (Mad Monster Party)

(1967, EUA, Cor, 95min, Livre)

Diretor: Jules Bass

Sinopse: Cult comédia musical em stop motion, produzida pela Rankin/ Bass Productions. O barão Boris von Frankenstein (dublado no original por Boris Karloff) promove uma grande festa.

Gremlins (Gremlins)

(1984, EUA, Cor, 102min, Livre)

Diretor: Joe Dante

Sinopse: Um inventor fracassado visita Chinatown em busca de um presente de natal para seu filho. E numa espécie de antiquário, ele encontra uma criatura peluda e fofinha de nome Mogwai.

Monstros S.A (Monsters Inc.)

(2001, EUA, Cor, 92min, Livre)

Diretor: Pete Docter

Sinopse: Uma cidade só de monstros, sem humanos chamada Monstropolis. Tudo corria na mais perfeita paz, até que um pequeno ciclope verde descobre o que acontece quando o mundo real interage com a dimensão deles.

Onde vivem os monstros (Where Wild Things Are)

(2009, EUA, Cor, 101min, 10 anos)

Diretor: Spike Jonze

Sinopse: Um jovem tem uma imaginação ativa, e costuma não aceitar qualquer contrariedade. Após um incidente com a irmã e por achar que sua mãe presta mais atenção no namorado, ele foge de casa.

Frankenweenie (Frankenweenie)

(2012, EUA, P&B, 87 min, 10 anos)

Diretor: Tim Burton

Sinopse: Victor adora fazer filmes caseiros de terror, quase sempre estrelados por seu cachorro Sparky. Quando o cão morre atropelado, Victor fica triste e inconformado.

MONSTROS BRASILEIROS

À meia noite levarei sua alma

(1964, Brasil, P&B, 81min, 16 anos)

Diretor: José Mojica Marins

Sinopse: Numa pequena cidade, o covarde coveiro Zé do Caixão é temido pelos habitantes locais. Ele vive com uma esposa estéril e obcecado por ter um filho, assedia a noiva de um amigo.

Mar negro

(2014, Brasil, Cor, 92min, 18 anos)

Diretor: Rodrigo Aragão

Sinopse: Uma mancha negra atinge o litoral de um pequeno vilarejo no Brasil e traz uma estranha doença que transforma os animais marinhos em predadores assassinos.

REVERENCIANDO OS MONSTROS

O jovem Frankenstein (Young Frankenstein)

(1974, EUA, P&B, 105min, 10 anos)

Diretor: Mel Brooks

Sinopse: Obra-prima de Mel Brooks. Um jovem neurocirurgião herda o castelo de seu avô, o famoso Dr. Victor von Frankenstein (ou quase isso). No castelo ele encontra um corcunda engraçado chamado Igor.

A pequena loja dos horrores (Little Shop of Horrors)

(1986, EUA, Cor, 94min, 14 anos)

Diretor: Frank Oz

Sinopse: Um órfão nerd de nome Seymour, trabalha numa loja de flores na área urbana de Skid Row em Los Angeles. Ele tem uma quedinha pela colega de trabalho Audrey e é vigiado de perto pelo patrão.

Deuses e monstros (Gods and Monsters)

(1998, EUA/Reino Unido, Cor e P&B, 105min, 14 anos)

Diretor: Bil Condon

Sinopse: Os últimos dias na vida do ator e diretor James Whale. Após sofrer uma série de derrames e atormentado por lembranças do passado, suas relações promíscuas e um de seus maiores sucessos no cinema.

Sexta-feira 13 (Friday the 13th)

(2009, EUA, Cor, 97min, 18 anos)

Diretor: Marcus Nispel

Sinopse: Recriação do clássico de terror. Grupo de jovens vasculha Cristal Lake, em busca de uma moça desaparecida. Mal sabem eles que o mal está presente por lá, na figura de um assassino imortal: o terrível Jason Voorhees.

Círculo de fogo (Pacific Rim)

(2013, EUA, Cor, 132min, 12 anos)

Diretor: Guillermo del Toro

Sinopse: Drama de ação ambientado num futuro distante, quando a Terra está em guerra com os Kaiju, monstros marinhos colossais que emergiram de um portal interdimensional no fundo do Oceano Pacífico.

A forma da água (The Shape of Water)

(2017, EUA, Cor, 121min, 16 anos)

Diretor: Guillermo del Toro

Fábula sobrenatural com pano de fundo da época da Guerra Fria. Estados Unidos, ali por volta de 1962. No laboratório oculto de alta segurança do governo, experiências bizarras são realizadas.

Programação Brasília

12 de julho – Quinta-feira

16h30 – Drácula (1931, 74min), de Tod Browning – 12 anos

18h30 – A múmia (1932, 73min), de Karl Freund – 12 anos

20h30 – O golem, como ele veio ao mundo (1920, 68min), de Paul Wegener e Carl Boese – 14 anos

13 de julho – Sexta-feira

16h30 – O homem invisível (1933, 72min), de James Whale – 12 anos

18h30 – O médico e o monstro (1931, 98min), de Rouben Mamoulian – 16 anos

20h30 – Sexta-feira 13 (2009, 97min), de Marcus Nispel – 18 anos

14 de julho – Sábado

16h30 – Frankenweenie (2012, 87min), de Tim Burton – 10 anos

18h30 – Frankenstein (1931, 70min), de James Whale – 12 anos

20h30 – A noiva de Frankenstein (1935, 75min), de James Whale – Livre

17 de julho – Terça-feira

18h30 – A pequena loja dos horrores (1986, 94min), de Frank Oz – 14 anos

20h30 – A pequena loja dos horrores (1960, 72min), de Roger Corman – 14 anos

18 de julho – Quarta-feira

16h30 – Mar negro (2014, 92min), de Rodrigo Aragão – 18 anos

18h30 – O lobisomem (1941, 70min), de George Waggner – 12 anos

20h30 – Um lobisomem americano em Londres (1983, 97min), de John Landis – 18 anos

19 de julho – Quinta-feira

14h30 – Gremlins (1984, 102min), de Joe Dante – Livre SESSÃO COM AUDIO DESCRIÇÃO

16h30 – King Kong (1933, 94min), Merian Caldwell Cooper e Ernest B. Schoedsack – Livre

18h30 – Cloverfield – monstro (2008, 90min), de Matt Reeves – 14 anos

20h30 – Godzilla (1954, 96min), de Ishirô Honda – 12 anos

20 de julho – Sexta-feira

16h30 – A mosca (1986, 96min), de David Cronenberg – 14 anos

18h30 – O monstro da lagoa negra (1954, 79min), de Jack Arnold – Livre

20h – Debate CINEMA & MONSTROS: UMA HISTÓRIA DE AMOR, com o curador Breno Lira Gomes, a pesquisadora Rita Ribeiro e o crítico Tiago Belotti, do canal Meus 2 Centavos – Livre

21 de julho – Sábado

10h – Masterclass: Da natureza dos monstros: o fascínio do gênero horror no cinema – 18 anos

16h30 – A festa do monstro maluco (1967, 95min), de Jules Bass – Livre

18h30 – A múmia (1932, 73min), de Karl Freund – 12 anos

20h30 – A lenda do cavaleiro sem cabeça (1999, 105min), de Tim Burton – 18 anos

22 de julho – Domingo

10h30 – Sessão BB Azul de Cinema: Monstros S.A (2001, 92min), de Pete Docter – Livre

14h30 – Sessão BB Azul de Cinema: Monstros S.A (2001, 92min), de Pete Docter – Livre

16h30 – Drácula (1931, 74min), de Tod Browning – 12 anos

18h – Drácula – O vampiro da noite (1958, 82min), de Terence Fisher – 16 anos

20h – Drácula de Bram Stocker (1992, 127min), de Francis Ford Coppola – 14 anos

24 de julho – Terça-feira

16h30 – A hora do pesadelo (1986, 92min), de Wes Craven – 18 anos

18h30 – A meia noite levarei sua alma (1964, 81min), de José Mojica Marins – 16 anos

20h30 – Mar negro (2014, 92min), de Rodrigo Aragão – 18 anos

25 de julho – Quarta-feira

16h – A forma da água (2017, 121min), de Guillermo del Toro – 16 anos SESSÃO COM LEGENDA DESCRITIVA

18h30 – Monstros (Freaks) (1932, 63min), de Tod Browning – 16 anos

19h40 – Debate DE ONDE NASCEM OS MONSTROS? Com o curador Breno Lira Gomes, a pesquisadora Julia Maass e o crítico e pesquisador Sergio Moriconi – Livre

26 de julho – Quinta-feira

16h – A mosca (1986, 96min), de David Cronenberg – 14 anos

18h – O enigma de outro mundo (1983, 109min), de John Carpenter – 16 anos

20h30 – Alien – O 8º passageiro (1979, 115min), de Ridley Scott – 14 anos

27 de julho – Sexta-feira

16h30 – Cloverfield – monstro (2008, 90min), de Matt Reeves – 14 anos

18h30 – King Kong (1933, 94min), Merian Caldwell Cooper e Ernest B. Schoedsack – Livre

20h30 – Tubarão (1975, 124min), Steven Spielberg – 14 anos

28 de julho – Sábado

14h – Oficina de Maquiagem e Caracterização – 14 anos

16h30 – Monstros S.A (2001, 92min), de Pete Docter – Livre

18h30 – Frankenstein (1931, 70min), de James Whale – 12 anos

20h30 – O jovem Frankenstein (1974, 105min), de Mel Brooks – 10 anos

29 de julho – Domingo

14h – Oficina de Maquiagem e Caracterização – 14 anos

16h30 – Onde vivem os monstros (2009, 101min), de Spike Jonze – 10 anos

18h30 – A noiva de Frankenstein (1935, 75min), de James Whale – Livre

20h30 – Deuses e monstros (1998, 105min), de Bil Condon – 14 anos

31 de julho – Terça-feira

18h30 – A pequena loja dos horrores (1986, 94min), de Frank Oz – 14 anos

20h30 – Drácula – O vampiro da noite (1958, 82min), de Terence Fisher – 16 anos

01 de agosto – Quarta-feira

15h – Círculo de fogo (2013, 132min), de Guillermo del Toro – 12 anos

18h – O hospedeiro (2007, 110min), de Bong Joon-ho – 14 anos

20h30 – O enigma de outro mundo (1983, 109min), de John Carpenter – 16 anos

02 de agosto – Quinta-feira

15h30 – Um lobisomem americano em Londres (1983, 97min), de John Landis – 18 anos

17h30 – Alien – O 8º passageiro (1979, 115min), de Ridley Scott – 14 anos

20h30 – A hora do pesadelo (1986, 92min), de Wes Craven – 18 anos

03 de agosto – Sexta-feira

16h – Drácula de Bram Stocker (1992, 127min), de Francis Ford Coppola – 14 anos SESSÃO COM INTÉRPRETE DE LIBRAS

18h30 – O monstro da lagoa negra (1954, 79min), de Jack Arnold – Livre

20h30 – A forma da água (2017, 121min), de Guillermo del Toro – 16 anos

05 de agosto – Domingo

16h30 – O lobisomem (1941, 70min), de George Waggner – 12 anos

18h30 – O fantasma da ópera (1943, 93min), de Arthur Lubin – 14 anos

20h30 – O vingador tóxico (1984, 82min), de Lloyd Kaufman e Michael Herz – 18 anos

07 de agosto – Terça-feira

18h30 – Onde vivem os monstros (2009, 101min), de Spike Jonze – 10 anos

20h30 – Gremlins (1984, 102min), de Joe Dante – Livre

SERVIÇO:

MONSTROS NO CINEMA

Data: 12 de julho a 07 de agosto

Local: Centro Cultural Banco do Brasil Brasília

SCES, Trecho 02, lote 22

CEP: 70200-002 | Brasília (DF)

Tel.: (61) 3108-7600

Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 21h

Horários de Exibição: verifique a programação

Ingressos: as sessões serão gratuitas

Inscrição para Oficina da maquiagem: enviar nome, RG e telefone para o endereço monstrosnocinema@gmail.com Vagas limitadas.

Classificação indicativa: ver programação

Fonte e foto: CCBB

IFB abre curso técnico em produção de áudio e vídeo no Campus Recanto das Emas

O Instituto Federal de Brasília (IFB) abriu o curso técnico em produção de áudio e vídeo presencial na modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e os cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) no Campus do Recanto das Emas, para início no segundo semestre deste ano.

Acesse os links abaixo, se informe e inscreva-se.

PROEJA
FICs
Editais de seleção o IFB

Da redação.

Conselho formado para analisar PLS´s de interesse das rádios comunitárias se reunirá em agosto

Os integrantes  do Conselho de Comunicação Social (CCS) do Senado, formado, nessa segunda-feira (9), para analisar  os PLS 55/2016, PLS 513/2017 e PLS 410/2017, já têm reunião marcada para 6 de agosto deste ano para a apresentação de relatório, e posterior criação de parecer, que será encaminhado à presidência do Congresso Nacional, após conclusão.

Por Ana Paula Oliveira

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 55/2016, de autoria do ex-senador Donizeti Nogueira, permite o custeio da operação das emissoras com a comercialização de publicidade. A proposta aguarda designação de relator na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

Já o PLS 513/2017, do senador Hélio José (Pros-DF), altera o limite de potência de transmissão e a quantidade de canais designados para as rádios comunitárias. A proposta, que está pronta para ser votada em Plenário, ainda aumenta o número de canais em que as rádios podem operar, passando de um para três canais.

Também de Hélio José, o PLS 410/2017 dispensa a arrecadação de direitos autorais pela veiculação de músicas pelas rádios comunitárias. A proposta aguarda designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O conselho é coordenado por Tereza Mondino e os conselheiros José Carlos da Silveira Junior, José Antônio de Jesus da Silva, Sydney Sanches e Davi Emerich.

 

Fonte e foto: Agência Senado

 

 

Portaria institui Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio

Portaria do Ministério da Educação publicada na edição de hoje (11) do Diário Oficial da União institui o Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio. O programa vai apoiar as secretarias de educação estaduais e do Distrito Federal na elaboração e execução do plano de implementação de novo currículo que contemple a Base Nacional Comum Curricular, e os diferentes itinerários formativos e a ampliação de carga horária para mil horas anuais.

As secretarias receberão apoio técnico para elaboração, execução, monitoramento e avaliação do Plano de Implementação do Novo Ensino Médio, materiais de orientação técnico-pedagógica e de gestão e ferramentas digitais para auxiliar no acompanhamento e monitoramento.

A adesão das secretarias de Educação ao Programa deverá ser formalizada por meio da assinatura de termo de compromisso. Ao aderir, a secretaria se compromete a elaborar e executar o Plano; a validar os produtos elaborados pelas assistências técnicas, que serão encaminhados à Secretaria de Educação Básica; a implantar escolas-piloto com currículo flexível com a oferta de itinerários formativos, a partir de 2019; e a implantar o currículo flexível com a oferta de, no mínimo, dois itinerários formativos, em 100 por cento das escolas do Ensino Médio em Tempo Integral, até 2022.

Publicado em 11/07/2018 – 11:27 Por Da Agência Brasil Brasília
Edição: Fernando Fraga

Coordenador da Abraço Brasil orienta dirigentes após aprovação de PLS 513 no Senado

Após o Senado Federal aprovar, nessa terça-feira (10), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 513/2017,  que aumenta a potência das rádios comunitárias, dirigentes aguardam a aprovação, ainda sem previsão, na Câmara dos Deputados.

Por Ana Paula Oliveira

A redação final prevê a ampliação de 25 para 150 watts. Pela proposta, haverá também aumento do número de canais disponíveis em cada localidade, de um para dois. A Lei 9.612, que regulamenta a categoria, não foi atualizada, desde a sua criação em 1998. Os representantes dessas emissoras  argumentam dificuldades na transmissão em áreas rurais ou na Região Norte do país.

No áudio abaixo, o coordenador executivo da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), Geremias Santos, agradece o emprenho de todos e pede que os representantes de rádio comunitárias em todo o país, tenham cautela. “Nós, ainda não ganhamos nada. tenho presenciado nas redes sociais, companheiros querendo comprar transmissores de 150 Watts, já querendo mudar de frequência. Nós só ganhamos a primeira votação. Na Câmara Federal vai ser uma outra luta. Nó vamos precisar de um exército de militantes para que possamos conseguir a aprovação”, diz.

FOTO: Senado Federal.

Sinpro-DF convoca professores para manifestação contra a Lei da Mordaça na Câmara dos Deputados nesta quarta (11)

A diretoria colegiada do Sinpro-DF convoca professores(as) e orientadores(as) educacionais para comparecerem ao Plenário 12, no Anexo II, da Câmara dos Deputados, na Esplanada dos Ministérios, nesta quarta-feira (11), a partir das 14h, para protestar contra a votação da Lei da Mordaça (PL nº 7.180/2014).

O parecer do relator, deputado Flavinho (PSC-SP), irá à votação à partir das 14h30, na Comissão Especial, criada para discutir esse projeto de lei. A diretoria avisa que é imprescindível a presença de todos e todas na luta contra mais esse ataque à educação. Compareçam! Somente nossa presença em massa irá impedir imenso retrocesso no magistério.

Histórico

O PL n° 7.180/2014, do deputado federal Erivelton Santana (Patriotas-BA), altera o art. 3º da Lei nº 9.394/1996 e inclui, entre os princípios do ensino, o respeito às convicções do estudante, de seus pais ou responsáveis, dando precedência aos valores de ordem familiar sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa.

Além disso, adapta a legislação à Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), de 1969, ratificada pelo governo brasileiro.

Ligado aos setores fundamentalistas de instituição religiosa, Santana, atualmente, integra o Patriotas (ex-PEN), partido que atua coligado ao PSDB, DEM e a outros partidos relacionados a políticos privatistas e a empresários, sobretudo os que exploram a educação como mercadoria.

O relator, Flavinho, concede voto favorável, defende a constitucionalidade, a jurisdicidade e a técnica legislativa da Lei da Mordaça; e, no mérito, é pela aprovação do PL 7.181/2014, que é outro PL de Santana, porém, dispõe sobre a fixação de parâmetros curriculares nacionais em lei com vigência decenal.

Por Maria Carla do Sinpro/DF em 10/jul/2018