Endereço: CRS 505, Bloco A Entrada 11 Sala 105 - CEP: 70.350-510 - Asa Sul - Brasília/DF | Fone: (61) 3256-0803 | 3256-0802 | 9 9558-5735

SINPRO – DF | Luta garante nomeação de 287 orientadores e 54 professores

Graças à luta histórica do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) pela nomeação de servidores(as) no magistério, o  Governo do Distrito Federal (GDF) convocou 287 orientadores educacionais e 54 professores(as) da Educação Básica.  A notícia da convocação foi divulgada  nesta segunda-feira (11), no Diário Oficial do DF (DODF), e representa uma conquista não apenas para a categoria, mas, para toda a população que necessita urgentemente de investimentos em educação.

Os(as) candidatos(as) para o cargo de orientador educacional  foram  aprovados(as) no concurso de 2014 e serão lotados(as) na Secretaria de Educação. São 249 da lista geral e 38 vagas destinadas à pessoas com deficiência. Já  os professores(as) nomeados foram  aprovados(as) no concurso de 2016 e vão preencher vagas nos componentes curriculares de Biomedicina, Eletrônica, Eletrotécnica, Enfermagem, Informática, Letras/Japonês, Matemática e Odontologia.

A diretoria colegiada do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) ressalta que esse resultado é fruto da insistência do magistério por mais nomeações. Esta conquista acontece pouco tempo depois da abertura da mesa de negociação da pauta de reivindicações da categoria. Na ocasião, o Sinpro apresentou ao governador a necessidade das nomeações ocorrerem dentro do prazo de validade do concurso, que expira no mês de maio.  Durante a reunião, a comissão mostrou o número de aposentadorias dos últimos quatro anos, comprovando que a quantidade de nomeações é muito pequena comparada à necessidade da rede pública de ensino do DF.

A diretora do Sinpro-DF, Meg Guimarães salienta que essas nomeações acontecem há quase quatro anos de homologação do concurso e ocorrem graças à luta do sindicato e dos(as) concursados(as) que se organizaram pressionaram o GDF para garantir o cumprimento do Plano de Carreira (Lei 5.105/2013), que prevê 1200 cargos de orientadores educacionais na rede. “Nosso sindicato continuará engrossando a luta para ampliar o número de cargos do plano para 1800, como consta na nossa pauta de reivindicações e atento para que o governo cumpra os demais compromissos. Essas nomeações são, sem dúvida, uma grande vitória para toda a categoria. Parabenizamos os nomeados e ressaltamos que somente a unidade e luta podem trazer ainda mais conquistas para todos e todas”, ressalta

A também diretora do sinpro-DF Letícia Montandon critica que apesar da conquista, não houve nomeações expressivas das áreas específicas do concurso de 2016. “Vale lembrar que houve muitas nomeações de atividades e cursos profissionalizantes, mas, das áreas específicas, existem várias disciplinas que ainda não foram nomeadas e o Sinpro seguirá em luta para reverter este cenário”.

O GDF informou que até o limite de validade do concurso, em 9 de maio, serão chamados mais 234 orientadores.

“Parabenizamos todos(as)  professores(as) e orientadores(as) educacionais nomeados(as).  Ressaltamos  a importância dos orientadores(as) na comunidade escolar, que desempenham um papel fundamental na resolução de conflitos, no trabalho pedagógico, no desenvolvimento pessoal de cada estudante e muito mais. O trabalho conjunto garantirá o desenvolvimento da educação. Nós, do Sinpro, continuaremos empenhados na luta pela nomeação de mais professores(as) e pela concretização da segunda remessa de nomeação de orientadores e orientadoras”, concluiu   a diretora Letícia Montandon.

Confira na íntegra o documento publicado no Diário Oficial do DF 

FONTE: ASCOM/SINPRO-DF