Endereço: CRS 505, Bloco A Entrada 11 Sala 105 - CEP: 70.350-510 - Asa Sul - Brasília/DF | Fone: (61) 3256-0803 | 3256-0802 | 9 9558-5735

CPB lança curso de EaD gratuito e visa capacitar 100 mil profissionais de Educação Física

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) lançou, nesta segunda-feira (25.02), o curso “Movimento Paralímpico: Fundamentos Básicos do Esporte”, no formato de ensino à distância (EaD), de forma gratuita.

A iniciativa faz parte da meta de capacitar até 100 mil profissionais de Educação Física em esportes adaptados até 2025, definida no Planejamento Estratégico do CPB. As aulas foram desenvolvidas na ferramenta on-line do Impulsiona, programa de educação do Instituto Península.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem registrar-se nesta página: https://impulsiona.org.br/esporte-paralimpico/. Estão disponíveis quatro módulos: o primeiro trata da história do esporte paralímpico e sua estrutura, o segundo aborda as deficiências elegíveis, enquanto o terceiro fala sobre aspectos gerais da classificação esportiva. Por fim, o último módulo demonstra como o esporte paralímpico pode ser introduzido na escola.

O curso totaliza 40h de conteúdo na AVA MEC, sistema do Ministério da Educação. Não há limite de vagas. Aqueles que cumprirem todas as etapas em até 60 dias ganham um certificado assinado pelo CPB, Impulsiona e o MEC. O objetivo principal do curso é qualificar professores de todo o Brasil a incorporarem o conteúdo ao planejamento de suas aulas. O projeto é coordenado pela área de Educação Paralímpica, que formulou o conteúdo e o adaptou para ser repassado à distância.

Mizael Conrado, presidente do CPB, disse em seu discurso que a iniciativa é um marco no direcionamento da política inclusiva da entidade. “A igualdade no ponto de partida é o que dá sentido à meritocracia. Trabalhamos incansavelmente para dar as mesmas oportunidades às pessoas com deficiência e esta é uma iniciativa que tem grande importância neste contexto. O esporte é vital na vida de um deficiente. E introduzi-lo às modalidades já na fase escolar é o que consideramos ideal”, afirmou o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

O evento de lançamento do curso contou com a presença da senadora Mara Gabrilli, do secretário municipal de educação, José Cury Neto; do secretário municipal da pessoa com deficiência, Cid Torquato; de Carlos Ferrari, diretor da Organização Nacional dos Cegos do Brasil; e de Vanderson Berbat, diretor do Impulsiona. O vice-presidente do Comitê, Ivaldo Brandão, também prestigiou a cerimônia, que contou com uma demonstração de tênis de mesa – uma das modalidades abordadas no curso inaugural.

“Promover inclusão por meio do esporte é uma das formas mais dignas de incluir, porque alunos recebem noções de disciplina, foco e desenvolvem habilidades cognitivas e socioemocionais muito importantes. Por este motivo, a Secretaria Municipal de Educação incentivará todos os professores da rede pública municipal a fazerem este curso e se capacitarem em relação ao esporte adaptado”, disse José Cury Neto.

O conteúdo do curso foi desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e o ambiente estará acessível aos professores inscritos a qualquer momento, por computadores, celulares ou tablets, desde que haja acesso à internet.

Perguntas & Respostas

Quem pode participar?

O curso se destina a profissionais de Educação Física.

Quanto custa?

O curso é totalmente gratuito.

Onde posso me inscrever?

O curso já está disponível no site https://impulsiona.org.br/esporte-paralimpico/.

Qual a duração do curso?

São quatro módulos, com duas aulas cada, que totalizam 40h.

Quantas vagas?

O número de vagas do curso é ilimitado.

Quem o desenvolveu?

O conteúdo do curso foi desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e é oferecido em parceria com o Impulsiona.

Qual o prazo para conclusão do curso?

60 dias.

Terá certificado?  

As pessoas que concluírem o curso receberão um certificado assinado pelo CPB, Impulsiona e o MEC.

Qual o objetivo do curso?

Capacitar professores de Educação Física do Brasil a incorporarem o conteúdo do curso ao planejamento de suas aulas.

FONTE: Comitê Paralímpico Brasileiro

Engajamento público na ciência é tema de curso na Casa de Oswaldo Cruz

No mês de março, o Programa de Pós-graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) recebe Simon Lock, professor de Divulgação Científica e Governança do Departamento de Estudos da Ciência e Tecnologia da University College London (UCL), no Reino Unido. Lock irá ministrar, entre 25 e 29 de março, o curso Engajamento Público na Ciência: do déficit ao diálogo. As inscrições devem realizadas entre 6 e 8 de março, na Secretaria Acadêmica, localizada no que fica no terceiro andar do Centro de Documentação e História da Saúde. Mais informações pelo e-mail ppgdivulgacao@fiocruz.br. O número de vagas é limitado.

Professor e pesquisador em um dos programas de pós-graduação mais antigos e importantes no campo da divulgação científica, Simon Lock desenvolve estudos em diferentes subáreas, entre as quais se destacam governança de novas tecnologias, engajamento público na ciência e tecnologia e ciência e sexualidades. Suas disciplinas na UCL são concorridas e conhecidas pela alta qualidade.

No curso que irá ministrar na COC, Lock vai traçar um panorama geral e internacional da configuração do campo da divulgação científica, apresentar alguns dos principais referenciais teóricos na área e discutir aplicações práticas da teoria em diferentes tipos de pesquisas que analisam a ciência em sua interface com a sociedade e a cultura, treinando o olhar dos alunos e aprimorando suas habilidades analíticas.

“Pelo fato de ser um programa recente e um dos únicos voltados especificamente para a divulgação científica em todo o Brasil, em uma área ainda emergente no país, não há dúvidas de que o curso trará benefícios para o programa, tanto para os discentes quanto para os docentes, e que contribuirá para o desenvolvimento acadêmico do campo no Brasil”, ressalta Luisa Massarani, coordenadora do programa.

O curso, que conta com apoio da vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz), será oferecido como disciplina no âmbito do programa, mas é aberto a todos os pós-graduandos da COC e da Fiocruz. As aulas serão em inglês e vão ocorrer no período da manhã (9h às 12h30) de segunda a sexta-feira e nas tardes (13h30 às 17h) dos dias 26, 27 e 29, no Centro de Documentação e História da Saúde, no campus da Fiocruz, em Manguinhos. O número de vagas é limitado.

FONTE: ASCOM/COC – Fiocruz

Já estão abertas as inscrições para a vi corrida, caminhada e passeio ciclístico do SINPRO

O Sinpro, por meio da Secretaria de Assuntos Culturais, realiza a VI Corrida, Caminhada e Passeio Ciclístico do Sinpro. A prova, que já faz parte do calendário esportivo do Distrito Federal, será realizada no dia 16 de março, no estacionamento da Praça do Buriti (entrada em frente ao TJDFT). A largada ocorrerá às 19h, com qualquer condição climática, e o encerramento será regado ao samba de Cris Pereira e Banda. As inscrições já estão abertas. Clique aqui e faça a sua.

Os(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais sindicalizados(as) poderão participar em uma das três modalidades: Corrida de 5 km, Caminhada de 5 km e Passeio Ciclístico de 6 km. A entrega dos kits de corrida será feita posteriormente na sede e subsedes do Sinpro e quaisquer novidades serão divulgadas no site www.sinprodf.org.br.

Todos os participantes da corrida, caminhada e passeio ciclístico receberão medalhas. “Além de comemorar os 40 anos do Sinpro, a VI Corrida, Caminhada e Passeio Ciclístico oferece à categoria um momento de confraternização e de atividade física que contribua para a qualidade de vida e para a saúde mental dos professores e orientadores”, ressalta a coordenadora da Secretaria de Cultura do Sinpro Thaís Romanelli.

Confira aqui o regulamento completo.

FONTE: ASCOM/SINPRO-DF