Endereço: CRS 505, Bloco A Entrada 11 Sala 105 - CEP: 70.350-510 - Asa Sul - Brasília/DF | Fone: (61) 3256-0803 | 3256-0802 | 9 9558-5735

Oficinas Pedagógicas realizam 1° Bienal de Ludicidade

De 23 a 25 de outubro, professores (as) que atuam nas Oficinas Pedagógicas da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) realizarão mais uma atividade. Desta vez, docentes e demais profissionais da área participarão da 1° Bienal de Ludicidade – Diversidade: Vivências no Brincar.

No evento, professores (as) e orientadores (as) poderão compreender sobre a importância do conceito de ludicidade. Atualmente, a ludicidade aplicada na educação possui importante papel na aprendizagem. Especialistas acreditam que estudar não é somente ler e decorar conceitos mecanicamente.  Através de brincadeiras,  os alunos aprendem na prática, trabalham em grupo e capacitam-se para lidarem com possíveis adversidades.

O evento acontecerá no Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE), no SGAS 907, e contará com ampla programação e participações especiais.

As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira (17), através do Portal EAPE. As atividades acontecem sempre das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Confira a  programação completa:

23/10: Abertura – Palestras e atividades culturais – Exibição do filme Ser Tão Velho Cerrado

24/10: Pitadinhas das oficinas pedagógicas

25/10: Oficinas com convidados especiais

Palestrantes convidados: Simão de Miranda, Rosana Mont’Alverne, Angélica Barbosa, Tiago Aquino e Meimei Bastos.

Fonte: Sinpro/DF

 

Medida Provisória que trata da renegociação de dívidas rurais é aprovada no Senado Federal

Aprovada na tarde desta terça-feira (16), no Senado Federal, a Medida Provisória (MP) 842/2018 que trata da renegociação de dívidas rurais no âmbito de operações de crédito do Pronaf e revoga os artigos da Lei 13.606/2018 que permitiam descontos de até 95% no valor das dívidas, abatimentos que seriam bancados pelo Tesouro Nacional.

Marcada para ser votada no dia 9 de outubro, a votação foi adiada por uma semana pois faltava a assinatura do presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados e corrigir erro na formalidade de envio para o Senado Federal.

Vale ressaltar que a MP foi aprovada com várias emendas ao texto propostas pela CONTAG. Entre elas, a autorização de renegociação de operações do Pronaf até 31 de dezembro de 2019, com inclusão de dispositivo para garantir a liquidação de parcela vencida com rebate (desconto), sem a necessidade de liquidação por inteiro do financiamento contratado dos agricultores e agricultoras familiares. “O texto defendido pela CONTAG traz de volta grande parte que o governo tinha vetado no projeto original, garantindo assim a renegociação das dívidas dos homens e mulheres do campo, especialmente do Norte e Nordeste”, ressalta o presidente da CONTAG, Aristides Santos.

A MP segue direto para o presidente da república que terá 15 dias para sancionar a Medida Provisória. “Para a CONTAG a segunda batalha é articular que os líderes do governo garantam o acordo já firmado anteriormente”, pontua Aristides.

FONTE: ASCOM/CONTAG