Endereço: CRS 505, Bloco A Entrada 11 Sala 105 - CEP: 70.350-510 - Asa Sul - Brasília/DF | Fone: (61) 3256-0803 | 3256-0802 | 9 9558-5735

Professora da EC 05 do Cruzeiro lança livro infantil na Bienal do Livro de Brasília

O lançamento do livro “Zezin & Quinzin na Sustentabilidade” será no domingo (19), às 14 horas. A entrada é franca.

Zezin & Quinzin na Sustentabilidade” é o sétimo livro da professora Ana Maria dos Reis, da EC 05 do Cruzeiro. A narrativa da publicação é contada em sextilhas dodecassílabas e é um apelo ao mundo, para que se cuide do planeta, da água dos rios, das nascentes. Para que as crianças e adolescentes reflitam sobre o planeta em que estamos. O livro será lançado dentro da programação da Bienal do Livro de Brasília, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, de 18 a 26 de agosto.

Este livro é o sétimo da escritora e poetisa, que também já publicou “Saga Mineira” (romance), “Minha alma azul” (poesias), “Supravida – Contos e Crônicas”, “Sertão de Maravaia” (romance), “Branda Brisa” (sonetos e poesias) e “Escola de Joaninhas” (poesias infantis). A professora é integrante da Academia Cruzeirense de Letras, já foi premiada em concursos literários e suas poesias integram várias outras coletâneas.

FONTE: Sinpro/DF

Capacitações do Plano Progredir estão com inscrições abertas no país

Há vagas para cursos presenciais e a distância

Os beneficiários do Bolsa família e as pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal que buscam qualificação profissional têm novas oportunidades. Estão abertas as inscrições para os cursos gratuitos oferecidos por meio do Plano Progredir. A ação é voltada às famílias de baixa renda e possibilita o acesso ao empreendedorismo, à qualificação profissional e ao mercado de trabalho.
O Secretário de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social, Vinicius Botelho, explica como se inscrever. “As pessoas podem se inscrever no Portal do Progredir e fazer um rápido cadastro com algumas informações básicas. E, uma vez dentro do site, há um link de qualificação profissional onde elas conseguem ver todos os cursos que estão com inscrições abertas – tanto presenciais, como a distância. Nos  presenciais , elas podem se inscrever naqueles ofertados pelos parceiros. Há ainda uma série de outros cursos de educação a distância voltados empreendedorismo e educação financeira, por exemplo”.

Os interessados devem consultar o portal www.mds.gov.br/progredir, pois cada curso possui um período diferente para início e término das inscrições. Ao todo, são mais de mil vagas disponíveis nestes estados:

Espírito Santo: Trabalhador na Produção de Derivados do Leite Sangrador de Seringueira, Trabalhador no Cultivo de Plantas Medicinais, Trabalhador na Operação de Motosserra, Viverista e de Trabalhador no Processamento de Banana.

Minas Gerais: Capacitação e Planos de Negócios para Micoempreendedores Individuais.

Bahia: Técnico de Nível Médio em Fruticultura na Bahia.

São Paulo: Administração Rural, Aplicação de Agrotóxicos, Fruticultura, Operação de Tratores Agrícolas.

Paraná: Trabalhador na Piscicultura.

Goiás: Gestão de Agronegócios e Formação de Novas Lideranças.

Rio de Janeiro: Almoxarife de Obras, Aplicador de Revestimento Cerâmico, Carpinteiro, Mestre de Obras, Pedreiros e Pintor de Obras.

FONTE: Ascom/MDS

Idosos e pessoas com deficiência têm até dezembro para serem incluídos no Cadastro Único

Famílias devem procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) do município para se cadastrar

Idosos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) têm até dezembro para serem incluídos no Cadastro Único para Programas Sociais. O registro dos beneficiários e seu grupo familiar é obrigatório.

O Cadastro Único reúne informações das famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa ou renda total familiar de até três salários mínimos. A ferramenta é utilizada também para dar acesso a programas sociais. Nela, são registradas as características da residência, a identificação de cada pessoa, a escolaridade, a situação de trabalho e renda, entre outras informações.

O diretor do Departamento de Benefícios Assistenciais e Previdenciários do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), André Veras, conta como os beneficiários devem proceder. “Para se inscrever no Cadastro Único, o responsável familiar deve procurar um Centro de Referência da Assistência Social ou um posto de Cadastro Único no seu município, munido do CPF de todos os membros da família do beneficiário”, explica.

André Veras lembra ainda que não é necessário que o próprio beneficiário faça esse cadastramento. “Qualquer membro familiar, maior de 16 anos, que tenha capacidade de prestar as informações pode ser o responsável familiar para responder o cadastro”, afirma.

FONTE: Ascom/MDS